You can scroll the shelf using and keys

Desculpe o transtorno mas estou pensando no que estou mudando no Brasil

19 de June de 2013

Você deixa as pessoas de fora da sua brincadeira, do seu governo, do seu conceito de solidariedade e humanidade. Você fecha os vidros blindados na cara deles, passa comendo pastel da feira e quando eles pedem 1 real diz que não tem (eu tbém faço isso), não dá habitação, comida, educação, transporte então… Pra ir de onde pra onde? Fazer o que? Trabalhar? É só pra pobre ir trabalhar que transporte público existe?

Aí espera que eles entendam manifestos e protestos, que saibam diferenciar certo e errado.

Vi num video: “CHEGOU A NOSSA HORA”. Eu não sei, mas acho que não chegou, que só deixaram esses pobres infelizes tirarem no nariz da poça de merda pra ver o que existe dentro das Casas Bahia, e que logo em seguida vão achar um jeito de deixarem eles ali, de fora.

Sei lá. Fico indo nas manifestações e no fim das contas vejo a coisa se reproduzindo: uma imensa maioria de gente que acredita e quer mudanças mas não tem poder pra isso, um estado que não sabe agir/pensar/decidir/falar, uma minoria bandida que faz o que quer, uma segunda minoria que acha que o dia deles chegou (mas vão continuar excluídos).

Andei falando com muita gente, que pensa muita coisa boa, radical, ingênua e medrosa. E decidi que vou continuar indo às manifestações, mas vou olhar mais, pensar mais e postar menos a respeito.

Porque eu não sei mesmo o que tá acontecendo, mas quando eu achar que eu sei eu falo. Eu espero, com que seja uma coisa boa, que seja o despertar de alguma consciência de coletividade.

Que pelo menos, a gente perceba que no fim das contas tá no mesmo barco.

Advertisements

Mundo, mundo. Vasto mundo…

21 de June de 2011 1 Comment

Gente. Vocês realmente não estão muito bem.

Escrevi este texto na Revista Bula e meu e-mail nunca mais parou.

Muita gente sofrendo por aí e com uns pensamentos bem tendendo ao médio. Recomendo tratamento.

Beijo.

O causo dos cupcakes

21 de June de 2011

Na sexta, como de costume, minha brilhante e agressiva coluna no Maketing na Cozinha saiu. Tudo muito bem, tudo normal, algumas moças enfurecidas, aquela discussão linda rolando.

Fui ver a vida lá fora. E uma moça que faz cupcakes foi mais esperta que todo mundo que ficou reclamando e reverteu a coisa a seu favor.

Aqui, ó. Parabéns Luana.

Terás suítes: coluna no decoeuração

10 de June de 2011

Vem ler gente! (Pros retardatários que ainda não leram.)

Jantando no Orkut #11

10 de June de 2011

Trolei compra coletivas, sexta passada no Marketing na Cozinha.

Quase me mataram

8 de June de 2011 9 Comments

Por causa deste texto publicado no GP.

Gente mais histérica, sem senso de humor, credo. Chegou uma hora que eu parei de ler os comentários no blog do Flavio Gomes pra não me chatear.

Cansada e feliz

1 de June de 2011

Aí as coisas começam a dar certo, e as pernas cansam mas o coração não.

Tá tudo bem agora, mesmo. Acho.

Amanhã prometo que posto texto mais longo.