You can scroll the shelf using and keys

Preguiça de sofrer à toa

21 de March de 2011

Uma historinha pra pensar sobre drama.

Quando eu era pequena, minha mãe foi viajar com meu pai, e deixou os pais (meus avós) cuidando de mim.

Eles vieram morar em casa durante aquele período da viagem, pra que eu estranhasse o mínimo possível as mudanças. Ficasse no meu habitat.

Ok, minha mãe ligava 2 vezes ao dia e eu ficava histérica e chorava com saudade. Minha mãe chorava, e minha avó tinha que acalmar as duas. No terceiro dia vivendo numa ópera, assim que atendeu o telefone, minha avó disse pra minha mãe:

– Sabe, a menina passa o dia feliz brincando. Aí você liga e faz perguntas do tipo: “tá com saudade do papai e da mamãe”, e ela desanda a chorar. Isso é desnecessário e tá fazendo a menina sofrer. De agora em diante você liga e fala comigo. Se ela quiser falar com vc eu ligo e deixo recado no hotel.

Os 10 dias passaram e eu não chorei mais de saudade.

Era isso, beijo e boa semana.

What do you think?

Please keep your comments polite and on-topic.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

comments

Vou pensar!
Mas você sabe que como tb por conforto certo? Ainda não estou conseguindo “desapegar” do chocolate, do vinho, das massas…
Mas vou tentar!
Bj!
PS: Como coloco foto na mensagem?

Christine

24 de March de 2011

Vc tem que ter um usuário no wordpress, e estar logada qdo comenta.
Bjo

1/2 Carolina Mendes

25 de March de 2011

Carolina , olha eu aqui de novo!(mas um vício p@#$!)
Mas sem biografia “loonga” desta vez, e minha dieta juro que começo segunda!(tenho festa sexta e sábado!rsrsrsrs)
Bom, sou mãe de duas meninas, e nunca fui muito de ficar no pé.(só p/coisas de mãe que somos tds chatas: Escova os dentes! Tira roupa do chão, estuda, blá, blá). Quando viajo e elas ficam, ou o contrário, tenho saudades, mas ADORO as férias, totalmente – no stress!
Não fiz “adaptação” na creche c/nenhuma das duas!
Mas o tratamento dos colégios aos pais é um porre! Generalizam os pais, vide comentário da Mercedes, além de vc não ter nome, é Mãe.
Falam assim: Mãe você tem feito isso, Mãe vc acha… É um saco! Não tenho paciência para reunião, nem para “pais representantes”, gente chata e puxa saco das professoras!
Acho que as professoras devem fazer o melhor delas na escola e eu o meu melhor em casa. Ponto.
Beijos Carolina, go diet!

Christine

23 de March de 2011

Sobre começar segunda, vou te dizer o mesmo que minha médica disse:

Cada orgia gastronômica significa 15 dias a mais de dieta lá na frente.

Pensa se vale.

Bjo!

1/2 Carolina Mendes

23 de March de 2011

Carolina… (direto do carolina, minha filha!)
É um prazer te ler.
E me achar.
Há algum tempo acompanho o ‘minha filha’ e me identifico de um taaanto que chega a esquentar meu coração.
É isso.
Prazer… Renata.

(Angustiada indo votar… sem vontade porque há tempos não sentia a obrigação de me envolver diretamente com o BBB. Só a observação me bastava. Agora sinto-me forçada a votar. Parece que estou prestando um dever cívico!)

eu volto aqui depois… (vc não precisa saber disso… mas eu quis dizer.)

Renata

22 de March de 2011

Oi Renata,

Volta sempre. Bjo!

1/2 Carolina Mendes

23 de March de 2011

Às vezes basta que uma pessoa nos lembre que existe para que tenhamos saudade dela. Viajei né? Mas seus textos tem esse poder sobre a gente!

Vanessa

21 de March de 2011

Que bom, Vanessa.

Bjo, obrigada!

1/2 Carolina Mendes

23 de March de 2011

Às vezes construímos nossos sentimentos diante da fraqueza das outras pessoas. Eu fui uma. Rs. “Amei” pensando que estava protegendo e construindo um sentimento na outra pessoa. A fraqueza e o egoísmo dele fizeram com que eu me tornasse dependente e e me iludisse achando q estava feliz. tudo culpa minha q quis amar outra pessoa antes de me amar completamente e de construir um sentimento só meu. Mas aprendi. Nada de criar nenhum tipo de sentimento por antecipação!!! Bjo xará!

Carolina Araujo

21 de March de 2011

Bjo Araújo! Se cuida aí.

1/2 Carolina Mendes

23 de March de 2011

Eu sofro à toa algumas vezes, por antecipação, sofro sempre. Conservo o coração aos pulos, uma forma de me manter vivo.

Eu espero demais.

Beijo

Hugo Guimarães

21 de March de 2011

Isso é cansativo.

1/2 Carolina Mendes

21 de March de 2011

Totalmente eu isso aí. Rainha do drama…. Pensar muito faz a gente sofrer mesmo.

@JuHNoronha

21 de March de 2011

A gente se faz sofrer, a maior parte do tempo.

Bjo!

1/2 Carolina Mendes

21 de March de 2011

Que carinha de estou doente,belas e doces lembranças meu amor,que bom que você as tenha e lhe sejam úteis.
Sofrer à toa é tão desnecessário,quanto sofrer por antecipação,nunca dá certo.

Nuria Marti

21 de March de 2011

Te amo gor.

1/2 Carolina Mendes

21 de March de 2011

Ai ai…
Sabe, eu fui professora de maternal. Cuidava de 30 pessoínhas que eram só um projeto de gente. Foi assim que descobri que as mães precisam bem mais dos filhos dos que os filhos das mães.
Sabe aquela coisa de ADPTAÇÃO, que fazem com que as mães fiquem na escola durante um período do dia? Então. As crianças entram na sala chorando, depois param. Elas esquecem que têm mãe. Mas aí a retardada vai na janela dar uma espiadinha, é vista, e a criancinha abre o berrador.
É sério, mãe! Muito sério! Seu filho fica ótimo sem você. FACE IT!

Tadinha da Núria…mas olha…mãe é um bicho muito retardado. Detesto!

Mercedes Gameiro

21 de March de 2011

Nuria salvou minha vida, muitas vezes. E a mãe da Nuria, salvou todo mundo muitas vezes.

Mulher semi analfabeta que manjava de tudo nessa vida. Espanhola de pele morena moura, olhos enormes, e sempre de batom vermelho.

Sabida demais. Deve ser por isso que a Nuria é incrível, tinha uma mãezona pós guerra que queria descomplicar a vida.

E se um dia eu for incrível é por causa da Nuria. Nenhuma dúvida disso.

1/2 Carolina Mendes

21 de March de 2011

%d bloggers like this: