You can scroll the shelf using and keys

Lusa de todos os santos

30 de August de 2010


Desgraça, tragédia, amor, vingança.

Quanto do teu sal são lágrimas de Portugal?

Canindé chorou, e como chorou. Gritou e perdeu. Perdemos.

O placar de 4 a 2 pro Bahia pode te fazer concluir que foi uma goleada, mas a minha verdade é que quase deu.

Sábado de sol com efeitos requintados de fumaça e luz, Canindé muito mais cheio que na primeira noite em que lá estive, crianças e senhoras bem postas.

A Lusa empolgava e o placar apontou, 1 a 0. O ar sinalizava que algo não estava certo, e ilusão e euforia não duraram muito. Logo em seguida, numa bobeada, veio o empate do Bahia. Pior, falta na área, penalti e expulsão do babaca que estragou tudo, 2 a 1 pro Bahia. Fodeu. A atmosfera estranha virou infernal: 3 a 1 pro Bahia, numa cochilada feia da nossa defesa.

A arquibancada furiosa empurrou o time e veio o segundo gol, esperança. Nesse momento o empate era vitória na minha cabeça. Na verdade, numa fantasia de escritora apaixonada, cheguei a imaginar que incrível seria uma virada. Nem tive tempo de acabar mentalmente o parágrafo glorioso. QUATRO a 2 pro Bahia. Canindé tomado por fúria e indignação.

E eu sabia. O 11 deles passou o jogo todo guardando caixão na nossa área, filho da p%*#. Impagáveis os gritos dos senhores portugueses atrás de mim, comentando o desempenho do 4, “Este gajo não tem cabeça para nada!”. Gajos da nossa defesa, realmente não serviram pra nada.

Saco, viu. Queria muito mesmo que a Lusa salvasse minha vida, mas não deu. Tive que salvar, eu mesma, minha vida no bar. De qualquer maneira, foi um sábado de divertimento louco, com a ilustre narração e comentários de @luizthunderbird. Gritei coisas que certamente vão contra o Código do Torcedor (é isso que chama?).

Mesmo derrotados, por culpa do lento do 50 (parece que joga com o queixo colado no peito, não enxerga nada), do boca aberta do 4 (que eu já odiava no outro jogo), e o pilantra do 11 do Bahia, sigo entusiasmada por essa nova vivência de futebol e meu amor pela Portuguesa segue inabalável. Percebi o quanto isso saiu do controle, quando odiei ferozmente os torcedores do Bahia gritando “o Canindé é nosso”, não fosse o Luiz, tinha ido lá tomar o Canindé deles.

Mas tudo bem, tenho um plano. Vou negociar com o Milan pra arrumar uns jogadores, farei brownies e ajudarei a Lusa a pagar. Acho que se fechar o time todo, consigo um desconto. Enquanto isso, favor incluírem o Dodô em suas preces noturnas, “queridão” faz falta mesmo com 104 anos.

Sobre o SPFC e o empate com o Fluminense: Tá pensando que o tricolor é bagunça? Né bagunça não, e quase ganhou. \o/ Chupa Washington mangolão. Precisamos mesmo de técnico? Se pá, hein…

What do you think?

Please keep your comments polite and on-topic.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

comments

Parabéns pelas fotos!!
Ficaram ótimas!
=)

Juliana

4 de September de 2010

Obrigada, Juliana!

Bjos!

1/2 Carolina Mendes

6 de September de 2010

tira o barba da foto e coloca a sua, é + sensual…. pronto. falei !

Geraldo Maia

31 de August de 2010

Tira a calça jeans, bota o fio dental. Morena vc, é tão sensual?

1/2 Carolina Mendes

6 de September de 2010

@carolinamendes LEIAM A PORRA DO BLOG, GRATA .

Estou lendo ! e é muito bom !
Grato!
Geraldo, anticorintiano de coração !

Geraldo Maia

31 de August de 2010

Como assim vc se declara anti qquer coisa, e é pró oq?

1/2 Carolina Mendes

6 de September de 2010

Tú é phoda mesmo! Confesso que sou palmeirense e já tive com amigos no Canindé e que, a nossa turma do “amendoim” é fichinha perto dos gajos comedores de bolinhos de bacalhau que frequentam a curvinha, à direita das cabines de rádio…rs
Beijo!

Fábio Reoli

30 de August de 2010

Foda de “legal”, ou foda de “onde foi que minha mãe errou”?

Tô super me divertindo com isso.

1/2 Carolina Mendes

30 de August de 2010

%d bloggers like this: