You can scroll the shelf using and keys

surto psicótico erótico e #mimimi

4 de August de 2010


Você vai precisar de atenção, amor, carinho e esforço. Mas eu vou chegar em algum lugar (acho). Tenha fé.

O número mágico de uma mocinha, é a quantidade de rapazinhos que ela beijou. Isso funciona até a florzinha romper, e a brincadeira de verdade começar. Aí este número mágico, passa a ser de homenzinhos com quem ela transou.

Uma mulher NUNCA vai falar a verdade pro moço com quem transa, ama, pretende transar, amar, a respeito deste número. Ele será ajustado e adaptado como melhor nos convier.

Muito que bem.

Uma mulher de 30 anos, que foi deflorada aos 16 e que teve como relacionamento mais longo um namorico monogâmico de NOVE meses, transou com quantos homens? Digo transou porque se tudo deu certo, de todos que beijou, ela não lembra desde que tem 20 ou 22 anos.

Reflita: são 14 anos. Que destes 14, ela tenha passado 4 anos em 6 relacionamentos monogâmicos, isso deixa 10 anos de vida sexual livre.

10 anos de 12 meses. Se essa moça tiver transado com 1 cara, a cada 4 meses, são 30 caras. Mais os 6 caras dos relacionamentos mais longos, são 36.

Você chamaria esta moça de vadia? Alguém que aos 30 teve 6 relacionamentos sérios e quando solteira transava com um homem a cada 4 meses? Eu não chamaria.

Mas parece que pros homens, qualquer número que passe de 10, é absurdo. Não consigo entender o porque.

Uma moça que passou 10 anos namorando um homem bem dotado e sexualmente ativo, deve se considerar mais ou menos arrombada que alguém que transou com 20 sujeitos que na maioria tinham um pênis mediano?

Um homem pegador necessariamente é melhor amante que o namorador comportado que come do mesmo jeito a mesma mulher há 15 anos?

Que importância tem números e conclusões a respeito da intensidade sexual das pessoas? Se eu passar 2 anos praticando pompoarismo e não transando com ninguém eu vou ser melhor ou pior amante que uma mulher que passou de cama em cama, transando com homens que não queriam nada além de conseguir o próprio gozo?

Tô meio cansada desse drama todo que envolve o sexo. Sempre a mesma coisa, sempre a mesma ladainha, sempre o mesmo oba-oba. O que evoluiu? Podemos transar com quem bem entendermos. Em tese. na prática a teoria é outra.

Em tempo: sim a moça do exemplo lá de cima sou eu. Com quantos caras eu de fato transei? Não te interessa.

#mimizei no blog, foda-se, é meu e eu uso pra fins terapêuticos.

ME PROCESSE

What do you think?

Please keep your comments polite and on-topic.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

comments

tenho a impressão que a cultura macho-latina vai sempre fazer isso com as mulheres. sexo vira um lance muito complicado num país machista como o brasil.
depois de 5 anos morando longe daí, tem dias em que sinto muitas saudades de voltar a morar em são paulo, amas s vezes me lembro porquê resolvi ir embora. ao ler este post, isso aconteceu de novo! obrigada!🙂

beijos.

oursoazul

20 de November de 2010

Gostei do texto. É assim mesmo que funciona. E, mesmo os moços que aqui dizem que caras que ligam são moleques. TODOS, sem exceção, se importam com números e muito (principalmente se a moça for a escolhida dele pra casar etc etc). Pior coisa que as moças fazem é achar que são amigas antes de serem namoradas e com isto saem contando história antiga, amor antigo, transas reais e imaginárias. Depois a amizade vira namoro e todo aquele passado vira um tormento. Para minhas amigas, sempre aconselho: em cada novo relacionamento, imagine-se numa nova cidade. Tudo é novo e nada precisa ser dito, apenas vivido. Se o cara insistir em saber quantos namoradinhos vc teve, seu primeiro beijo e outras coisitas mais, interrompa as perguntas com beijo. Se ele resistir e insistir: MINTA MESMO.

Letreira

13 de August de 2010

Good evening

Read this @ 2:37AM it´s so fucking truly. Hard confessional.

Kisses under the sound of http://migre.me/12q2B

PEACE!
LOVE!
(NO! THIS IS NOT AMERICA, but it is not AXÉ, too)

An insomniac

5 de August de 2010

Que o senhor fazia acordado ás 2.37 AM?

Posso saber?

1/2 Carolina Mendes

6 de August de 2010

Olá Menina

Primeiramente, sou um um (infeliz) insone.

Depois, estava a espera de um convite pra um blind date, um jogo de futebol da minha Lusa, umassssss cervejasssssss, um carinho, algo que me deixasse alegre, sei la.

Tolo eu, né?

Beijos na bochecha ao som de http://bit.ly/9LI4vF

PAZ!
AMOR!
ALEGRIA!

A man, just a man

6 de August de 2010

Importancia nenhuma. Mas a gente perde tempo nisso mesmo assim…
Me processe é ótimo no final!

Bruno Blú

4 de August de 2010

“Me processe” é meu novo “foda-se”.

\o/

A casa trabalha com malcriação.

1/2 Carolina Mendes

6 de August de 2010

Carol, como vc disse, a teoria é uma e a prática é outra. bj

MIguel

4 de August de 2010

Principalmente na prática sexual. Devo responder “7” de hoje em diante?

1/2 Carolina Mendes

6 de August de 2010

Seria cretinice se a pessoa, a partir do teu relato, começasse a fazer conta, considerando o que conhece do passdo da namorada?

Eduardo

4 de August de 2010

Cretinice é achar que isso muda algumas coisa, fazer a conta é normal.

1/2 Carolina Mendes

6 de August de 2010

Moleques, que julgam uma mulher se ela dormiu com 10 ou 30 nunca deveriam ter a oportunidade de ter uma mulher.

Isso é cíumes infundado, coisa machista, porra a mulher não fazia parte da vida do cara e o cretino vai se doer ???

Santo ele ?

Ah valha me Deus…

Mulher é livre, homem que fica com esse tipo de mimimi tem é complexo com o tamanho do pinto !

Nelson

4 de August de 2010

Homens deveriam entender que o único capítulo da vida sexual da mulher que deveria importar, é o capítulo que elas dividem com eles.

1/2 Carolina Mendes

6 de August de 2010

Se esse post tivesse fundo musical, seria esse kkkkkkkkkkkk: http://www.youtube.com/watch?v=9R7kRSNa8fg rsrsrs

zaroio

4 de August de 2010

Poxa vida, Wando?

1/2 Carolina Mendes

4 de August de 2010

%d bloggers like this: