You can scroll the shelf using and keys

Ah, o seu Sarney… Se não quiser ler, veja o filme no final

24 de June de 2009 , ,

Estou onde o rei vai só.

Escrevendo sobre o Senado sentada no meu trono.

Deus abençoe o wireless.

seu sarney(em minúsculas):

O Sarney foi o primeiro político que me desapontou. Eu tinha 5 anos e fui assistir o cortejo do corpo do Tancredo. O Tancredo que derrotou a chapa do Maluf.

Lembro claramente do caixão desfilando coberto de flores. Cada segundo. Lembro da posse do Sarney e da impressão de desânimo coletivo. Difícil se animar muito com o vice de qualquer coisa. Ainda mais porque, quando o Tancredo morreu, o presidente da Camara era o Ulysses Guimarães, e como o processo eleitoral era todo meio nebuluso ainda e não havíamos tido eleições por voto direto, não se sabia bem se quem ia assumir era o Sarney (vice de um presidente que não tinha assumido…) ou o Ulysses. Falando em assumir, eu vou ter que assumir que eu torcia pro Ulysses. Aos 5 anos, achava o Sarney feio.

Muito bem, nosso Sarney começou filho da dona Kiola Ferreira de Araújo Costa e do Sarney de Araújo Costa e foi batizado José Ribamar Ferreira de Araújo Costa. O “José Sarney” veio da política, pequeno Ribamar nas campanhas políticas era conhecido como “Zé do Sarney” assim como nós chamamos a “Roseanna do Sarney”. O ainda Ribamar, foi eleito em 1955 deputado federal, carreira meteórica pra quem havia ingressado na vida pública apenas 5 anos antes. Um fenômeno, quase um Obama.

Em 1966, Ribamar foi eleito governador do Maranhão pelo primeira vez. Parece que desde esses tempos algo de errado acontecia porque o amigo do Ribamar, Glauber Rocha (cineasta), produziu um documentário chamado “Maranhão 66” que misturava cenas da posse com cenas do povo maranhense. Mesmo amigos, o Riba rejeitou o filme do Glauber.

Ribamar virou José Sarney oficialmente em 68, fez alianças, participou de movimento literários, cursou direito e se juntou ao Tancredo na chapa de oposição a chapa do filho do Salim. Sarney pai e Maluf pai eram variações sobre um mesmo tema. Homem rico e influente que num tempo que a riqueza era algo tão perene que a preocupação maior dos patriarcas era o poder. E imagino que dos filhos a superação.

No poder como presidente, Sarney (tradicional família politica e oligarquica maranhense) conduziu o país à redemocratização, devolveu o poder a um povo que elegeu por voto direto o Collor (tradicional família oligárquica alagoana). Não estou fazendo insinuações, tá nos livros de história e internet pra quem quiser ver.

Desde o primeiro mandato do Ribamar, Sarney sempre apoiou o governo. Apoiou sempre a turminha dos “filhos de”, acho bem claro quando penso a respeito, o objetivo principal do ex- Ribamar. Acho que na verdade ele nunca foi Ribamar assim como o Maluf nunca foi Paulo e tantos outros nunca foram nada além de uma sombra, uma nuvem negra de ganância e esperteza. São os filhos dos “donos”. As carecas, as falas eloquentes e o pedigree não impressionam.

Seus dias de donos do Brasil explorado e cego estão no fim. Não dá pra enganar tanta gente por tanto tempo. Os Ribamares vão estudar, os Paulos vão perder o medo do povão e a verdade vai aparecer. Vcs deviam ter pedido uma mesada pros papais e mudado pra Mônaco. Não é o governo mas lá ninguem repara nos playboys, principalmente os Sudacos (sulamericanos), eles vêem vcs como escória, novos ricos de países pobres. Sabem oq vcs levam na sola dos sapatos, terra explorada com cheiro de pobre.

Fim. Comecemos a limpar. Hit play if you dare.

What do you think?

Please keep your comments polite and on-topic.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

comments

Esse que é importante, ninguém dá bola. Impressionante.

carolina

2 de July de 2009

%d bloggers like this: