You can scroll the shelf using and keys

Os pontos e os ”Is”

19 de June de 2009 , ,

Primeiro, sempre é bom ressaltar que escrevo aqui MINHA opinião. Não me lembro de ter encontrado vc na rua, telefonado pra sua casa e tentado te enfiar nada goela abaixo. Vamos em frente…

1-
Decisão do STF sobre a obrigatoriedade do diploma superior específico para o exercício do jornalismo. Dias depois, você provavelmente já leu em algum lugar que o decreto data da época do regime militar (como meu último post não teve nenhum comentário, pouparei todos vcs de um resumão histórico…). Quem eram os jornalistas da época? Os articuladores? Quantos deles eram formados em jornalismo? Quais diplomados em jornalismo de hoje são melhores que os não diplomados de antigamente?
Escrevi um post enorme, 2 dias atrás resumindo milhares de anos de História. Fiz vista grossa e gracinhas, admito, mas sem absurdos e sem usar a Wikipedia. Sou superdotada? Tive uma formação normal, boas escolas, notas medíocres e porres incríveis dos 14 anos em diante.
99% de tudo que eu sei aprendi na escola. APRENDI MUITAS COISAS NA ESCOLA. Estudantes, recém formados e jornalistas que só conseguiram até agora escrever o próprio currículo que reclamem, estão no direito de esperneio, mas façam isso no boteco com os amigos. Escrever a respeito e começar “movimentos” de protesto é bullshitagem.

2-
Querida SPFW,

Cada ano que passa suas reuniões viram mais e mais uma “festa estranha, com gente esquisita”. Economize nos petiscos, contrate motoristas de taxi. Essa gente que não come e enche a cara de graça de manhã até a noite vai ser pega na Lei Seca.

Gays são legais, gays são coloridos, gays são engraçados, mas bichinha histérica que fala alto, fica fazendo pose e olhando pra todo mundo com cara de nojo, não dá.

Por outro lado, esse povo que quer ser descoberto e fazer contatos entre desfiles dão um colorido especial aos pontos de ônibus. Não queria estar no seu lugar. Quanto mais sucesso você consegue, mais vc se perde.

3-
Admito que sou um pouco intolerante, nada que vá muito além do mínimo necessário para um vida civilizada e sem grandes aborrecimentos desnecessários. Vou usar palavrões e ser politicamente incorreta de agora em diante, se vc é sensível, pule para o próximo parágrafo. Adoraria descobrir quem foi o japonês filho da puta que decidiu que entre as centenas de opções sonoras que tinha nas mãos a melhor opção seria essa porra de buzina ardida dos Hondas. Sério. Gostaria que ele colocasse a grande cabeça embaixo do capô, fechasse os olhinhos puxados e ouvisse durante 3 minutos seguidos essa merda de barulho. E pra piorar a situação esse maldito Fit vende feito água. Dizem que é pq tem porta trecos internos. Deve ser pra estocar tampões de ouvido. Já liguei no Psiu tentando denunciar mas parece que nao dá pra multar montadoras por mal gosto.

4-
Ativei o tal Google Analytics para saber se alguém lê oq eu escrevo, por uma tecnicalidade, apareceu um tal índice de rejeição. 90%!!!!!!! Seja qual for o motivo, não me surpreendeu. Confesso que gostei até.

Fim-
Pessoal que tem Honda, se ler esse post por favor pense antes de buzinar. A menos que vc seja recém formado em jornalismo esteja a caminho da SPFW, aí tudo bem, te deixo dar 4 buzinadas não muito longas. Sua semana conseguiu ser pior que a minha.

Por hoje é só.

What do you think?

Please keep your comments polite and on-topic.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

comments

Francine: A Pati me disse pelo twitter, vamos tomar um cerveja as 3 qquer dia desses, garanto boas risadas!Fabrizio: Vc tem razão, tenho que me assumir politicamente incorreta. Acho que meu bom mocismo ainda não morreu de vez. Mas tá quase… Acho que é a idade chegando. Sempre um prazer ver seu nome por aqui, Bjo lindo.Tiago: Comecei escrevendo que é só a minha opinião. Não sou jornalista não diplomada, não analisei nada não reivindiquei valor jornalístico, político ou histórico ao meu blog. Tá me dando chineladas sem motivo… Ok, concordo que generalizei,tem mta gente boa no jornalismo mas de resto… Escrever é meu hobby, acho gente rancorosa e resmunguenta um porre e nao como manga. E pra constar, não usei o Google. Rs… Bjo! Volta logo, já quase te liguei 2 vezes mas sou pão dura!

carol

20 de June de 2009

Escrever "um post enorme (…) resumindo milhares de anos de História" não confere teor jornalístico, muito menos histórico ao seu blog. Como você mesmo disse, qualquer um com formação normal, ainda que com notas medíocres, sem a ajuda da Wikipédia, ainda que com uma mão do Google, escreveria. Acho o argumento meio tautológico. Acredito que os jornalistas a que você se refere não oferecem parâmetros razoáveis pra qualquer análise dessa questão do diploma, como médicos que saem por aí tratando mulheres como pedaços de picanha não deveriam nem ser citados em discussões hipotéticas sobre a não obrigatoriedade do diploma no exercício da medicina – soou estúpido, não? Por que será? Por fim, não me arriscaria a escrever a respeito desse assunto se achasse "bullshitagem" o que os outros também andam escrevendo, mesmo os que não concordam comigo (como você em seu post, do qual guardo as ressalvas que aqui estão porque você, apesar de não ter me telefonado, prudentemente deixou o espaço para os comentários aberto). É no mínimo um tiro no pé: a jornalista não diplomada que "bullshitou" uma frágil defesa de sua opinião.

Tiago Germano

19 de June de 2009

voce se explica demais.fale o que pensa e ponto.a reação do leitor deve ser indiferente pra você, já que o seu blog não vive disso. cabe aos politicos falar o que o povo quer ouvir.ahh, voce continua revolucionaria. :)baci.

Fabrizio

19 de June de 2009

Oi tô seguindo seu blog e o twitter, tô quase te perseguindo. Sou amiga da Pati Gras. beijooo

francinebittencourt

19 de June de 2009

%d bloggers like this: